Novidades

E-Ducato distinguida com prémio "Sustainable Truck of the Year 2022" na categoria Van

10/11/2021 | Automóvel

O Furgão Fiat Ducato fez 40 anos e está a celebrar como líder indiscutível no seu segmento, cortesia de um grande recorde de vendas: no ano passado, foi o veículo comercial mais vendido na Europa, de acordo com a Dataforce, com mais de 150.000 unidades vendidas.

Líder no seu segmento desde 2014 e o veículo comercial mais vendido em 2020, o Ducato é o líder incontestável no segmento dos grandes furgões em treze mercados europeus e é o único criado especificamente como base de uma versão autocaravana.

Começando pela configuração da parte elétrica, confirma-se que o E-Ducato foi modelado em função das necessidades dos clientes. Cortesia da sua arquitetura original, sem compromissos, "tudo à frente", sem ocupação do espaço no fundo do chassis e com uma ampla distância entre as longarinas, as baterias do novo modelo estão colocadas de forma ideal sob o piso, deixando intata uma capacidade de carga que varia entre 10 e 17 m3 de volume e com quase duas toneladas de peso. Outras vantagens óbvias são a distribuição ótima do peso e a redução do centro de gravidade para melhorar o comportamento do veículo em todas as condições de carga.

O E-Ducato consegue oferecer performances equivalentes às das versões com motor Diesel, graças a um propulsor elétrico com binário máximo de 280 Nm e até 90 kW de potência (aproximadamente 122 cv), bem como a uma aceleração de 0 a 50 km/h em 5 segundos.

O E-Ducato é também equipado com uma série de soluções modulares, a começar por dois diferentes blocos de baterias, de 47 kWh e 79 kWh, o melhor na sua classe em termos de capacidade elétrica instalada, bem como quatro modos de carregamento, três dos quais disponíveis na altura do lançamento. Com a bateria de 47 kWh, o E-Ducato consegue percorrer até 170 km segundo o ciclo WLTP, 235 km em ciclo urbano. Com a bateria de 79 kWh, as distâncias passam para 280 km no ciclo WLTP, equivalente a 370 km no ciclo urbano. Basta meia hora para carregar energia suficiente para percorrer 100 km.

Nesse capítulo, sublinhe-se que as baterias têm garantia de 10 anos ou 220.000 km na versão de 79 kWh ou 8 anos/160.000 km na de 47 kWh.

Ainda em termos de flexibilidade, de referir que, para satisfazer um tão vasto e diversificado leque de exigências, o E-Ducato também oferece o Drive Mode Selector: em posição “Normal”, assegura o equilíbrio perfeito entre desempenho e custos, ou então pode-se optar pelo modo “Eco” para poupar energia. Quando é necessário transportar uma carga realmente pesada ou se o veículo tiver de enfrentar uma subida exigente, a escolha certa é o modo “Power”. O E-Ducato dispõe ainda de duas funcionalidades para salvaguardar a “paz de espírito” do condutor:

- “Turtle Mode”, similar à função de poupança de bateria de um telemóvel, que é ativado automaticamente quando a bateria está fraca e que limita as performances do veículo para fazer com que a carga da bateria se prolongue em mais 8 a 10%.

- “Recovery Mode”, que faz com que o E-Ducato seja o único veículo elétrico que nunca para. De facto, se um dos módulos de baterias não funcionar, os outros tomam o seu lugar para garantir que pode prosseguir viagem.

Em suma, a flexibilidade do modelo, os conteúdos de topo da classe e a fiabilidade são uma garantia do seu valor residual.

No “Ecomondo”, em Rimini, um evento de referência na Europa para a transição ecológica e para os novos modelos de uma economia circular e regenerativa, o E-Ducato recebeu outro reconhecimento de estima e consenso, ao receber o prémio “Sustainable Truck of the Year 2022” promovido pelos editoriais das publicações “Vado e Torno” e “Sustainable Truck & Van”.

A avaliação realizada por um grupo de peritos com ligações à publicação foi altamente estruturada, com os seguintes fatores em consideração: motor e tipo de combustível (Diesel, híbrido, gás, elétrico); transmissão; sistemas de segurança; conforto; conectividade. Por último, foi também avaliada a sustentabilidade global, para aspetos específicos como a relação peso/potência, a reciclabilidade dos componentes e o TCO.

A galardão foi entregue a Gianluca Zampese, Manager LCV Business Unit & Autonomy, que afirmou: "Estamos muito orgulhosos do prémio que recebemos hoje. Coloca o selo no nosso compromisso com a recém-criada Stellantis, o de prestar cada vez mais atenção à sustentabilidade ambiental e às novas necessidades dos clientes que são mais exigentes em termos profissionais e ambientais".

O E-Ducato marca um importante ponto de viragem em nome da sustentabilidade e dos grupos motopropulsores alternativos, assumindo-se, autoritariamente, como uma referência nas entregas "last mile" no segmento dos veículos com zero emissões.

Fá-lo sem abdicar do seu ADN, mantendo-se 100% fiel ao icónico nome Ducato ao colocar em jogo as suas sólidas credenciais: um motor de 122 cv, a solução perfeita para utilização na cidade; autonomia máxima de 370 km, dependendo das baterias; 17 m3 de volume; capacidade de carga de 1.910 kg. Duas das suas características mais populares são a sua conectividade e a atenção prestada à segurança.

Ver todas as novidades »

Siga-nos

Já segue o Grupo Auto-Industrial?
Conheça, em primeira mão, todas as novidades.

Newsletter

Inscreva-se e receba regularmente informação
personalizada no seu email.

Arbitragem de conflitos de consumo

Conforme Lei nº 144/2015, o consumidor pode recorrer ao Centro de Arbitragem do Sector Automóvel, com sítio em www.arbitragemauto.pt e sede na Av. República,44 - 3º Esqº, 1050 194 Lisboa